Jogar videojogos eleva a atenção visual das crianças: Segundo um estudo realizado pela Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, e publicado na revista Nature, o ato de jogar videojogos aumenta a capacidade seletiva e visual do indivíduo. Assim, essas pessoas tendem a ser mais rápidas na hora da tomada de uma decisão.

Profissões digitais são as que mais empregam no país e no mundo.

Aguça o instinto de investigação dos alunos: o estudo do Instituto Buck de educação, demonstra que quando se cria um jogo envolvente para o estudante, este desenvolve uma necessidade de saber e ajuda-o a assimilar o conhecimento de forma orgânica.

Já não é um sinónimo de sedentarismo: Jogos como os clássicos Just Dance e Guitar Hero, são a prova de que não é preciso ficar sentado em frente à televisão para jogar e se divertir. 

Fortalece os laços entre pais e filhos: O amor aos videojogos tem passado de pai para filho. Em 2015, os resultados do estudo de gaming no Brasil demonstrou que 82% dos pais jogam videojogos com os seus filhos.

O Rock in Rio e a Worten criam a primeira cidade de gaming em Portugal – a Worten Game City. Como em todos os eventos que produz, o Rock in Rio traz para este projeto a sua missão de “Por Um Mundo Melhor”, não só no cuidado durante a construção de todo o evento como, também, na mensagem positiva que procura transmitir, neste caso em relação aos videojogos.

 

É sabido que, hoje, a indústria do gaming é maior que a indústria de Hollywood e da música juntas. Sabido é, também, que as profissões digitais são, atualmente, as que mais empregam no mundo. Importa, por isso, agora mais que nunca, assumir e desenvolver um pensamento de responsabilidade em relação ao uso das tecnologias e, em particular, dos videojogos, ferramentas que podem ser utilizadas de diversas formas e com diferentes finalidades.

 

Na Worten Game City, o nosso objetivo é mostrar que o gaming deve ser entretenimento, interação, conexão, construção, e que não pode significar isolamento nem violência. O gaming é uma excelente forma de estimular a criatividade e a fantasia, despertar emoções, ensinar uma nova linguagem e conectar várias gerações. Há, inclusive, estudos que mostram que mais de 80% dos pais com videojogos em casa jogam com os seus filhos, o que estreita elos familiares.

 

Existem também evidências, nos mais variados domínios, sobre os benefícios dos videojogos - na educação, no desporto, na saúde mental, na reabilitação, nas competências motoras e cognitivas, entre outras. Investigadores afirmam que os videojogos podem aguçar o instinto de investigação dos jovens e contribuir para assimilar o conhecimento; outros referem que aumentam a atenção visual das crianças. Por outro lado, os eventos de gaming (uma tendência atual) aproximam os amantes desta temática, dando a oportunidade a pessoas que se relacionam maioritariamente no ambiente virtual, de se conhecerem pessoalmente.

 

Todas estas conclusões mostram um outro lado do gaming, esse sim, que deve ser explorado e trabalhado.  

 

Na Worten Game City o Rock in Rio pretende, não só, mostrar que o gaming pode ser para todos, como promove o lado positivo dos jogos e a utilização responsável dos mesmos.